Pesquisar neste blogue

01/07/2009

Foi naquele tempo


Voltei a ser feliz
Nos dias mais felizes desse amor.
Soube encontrar a minha razão
Razão real, sem ambiguidade,
Por isso foi naquele tempo,
O tempo de poder
Sofrer o que não sofri,
De poder
Ganhar o que não ganhei,
De vir a viver
O que não vivi.
Foi aquele o tempo
Da revolta das ilusões,
Foi o dia da melancolia
Encarcerada nos corações.
Mas, o tempo fugiu
Aqui nada restou,
Fiquei assim só,
A dor me acompanhou.

Sem comentários: